cid.jpg
DSC06234.JPG
Sem Título-2.jpg
DSC06206.JPG
DSC06229.JPG

 

A arte educadora Maria Aparecida Ivanov, a Cida, nasceu no dia 06 de outubro, de 1962, em São Paulo, onde trabalhou durante muito tempo em cargo executivo de empresas multinacionais.

Em 1994, decidida a estar mais próxima das filhas, ela pediu demissão do emprego e mudou- se para São Sebastião, no Litoral Norte Paulista.

Em 1998, ela passou a vender suas bijuterias e peças confeccionadas com sisal em uma barraquinha, na Rua da Praia, até o dia em que foi convidada a participar do Projeto “Arte que vale”, do Sebrae, que tinha o objetivo de preservar a cultura caiçara.

Através deste projeto, a Cida aprendeu a técnica ancestral de “levantar” panelas de barro em um curso de dona Adélia Barsotti, uma das últimas paneleiras da cidade, que faleceu em 2003, aos 82 anos.

Enquanto via a dona Adélia manipular o bairro, Cida explica que foi como se vivesse um momento mágico.

Atualmente, ela tem feito um trabalho intenso para preservar a tradição das panelas de barro, que no início do século, transformou a cidade num dos maiores pólos produtores de cerâmica do Brasil.

As panelas de barro são feitas através do processo de acordelamento, mesma forma pela qual os índios nativos e as famílias de escravos produziam seus utensílios.

Além das panelas, Cida também confecciona outras peças de barro, como luminárias e utilitários para casa. Muitas pousadas e hotéis da região e até de outros estados encomendam as suas peças.

Em seu ateliê no bairro São Francisco, antiga vila de pescadores de São Sebastião, ela também dá aulas de cerâmica a grupos escolares, da melhor idade, pessoas com problemas mentais e para quem mais se interessar.

“A lida com o barro é um reencontro com a sua essência. Quando a gente transforma o nada em alguma coisa percebe que pode modificar a própria vida”, explica.

Contato

 

 

 

Dúvidas, sugestões ou elogios? Entre em contato com a gente!

 

(11) 3588 9169

contato@encantes.com.br